domingo, 6 de agosto de 2017

Festa da cerejeira

-->

Parque do Carmo de 4 a 6 de agosto de 2017


Um dos melhores lugares para apreciar as flores de cerejeira é sem dúvidas nenhuma o Parque do Carmo, localizado no bairro Itaquera, zona leste de São Paulo. Entre Julho e Agosto, 4000 pés de cerejeiras florescem no local propiciando um espetáculo que atrai milhares de visitantes. O projeto foi idealizado há quase 40 anos pelo imigrante Hisayoshi Kataoka.
Kataoka, que inicialmente trouxera 500 mudas do Japão, contou com a ajuda da Prefeitura de São Paulo e do Consulado do Japão para dar início a esse projeto. A Festa da Cerejeira já está em sua 39° edição e neste ano será nos dias 4, 5 e 6 de agosto. Durante a festa ocorre muitos eventos tais como shows de dança, música e barraquinhas de comida oriental.

A cerejeira é a árvore símbolo do Japão e tornou-se a marca dos descendentes da comunidade nipônica que vive na região de Itaquera.
Todos os anos essa comunidade tem a tradição de realizar o "hanami", de sentar sob as cerejeiras e contemplá-las durante um bom período. Familias interiras, jovens e até os mais velhos adoram sentar na grama do parque ou nos troncos das arvóres, para fazerem um pic-nic e contemplarem esse espetáculo da natureza, visto que a florada dura apenas alguns dias e esta data é a única oportunidade de conferir os caminhos formados pelas flores em tons de rosa.


No Japão a floração das cerejeiras (hanami, em japonês) acontece logo após o inverno, entre o final do mês de março e início do mês de abril, quando começa a primavera no hemisfério norte. Contudo, na região norte, o início da florada ocorre em maio, mais precisamente na ilha de Hokkaido, no extremo norte do arquipélago.

É um espetáculo de curta duração (menos de duas semanas), por isso, os locais em que há grande concentração dessas árvores, cuja flor (sakura, em japonês) é considerada símbolo nacional da primavera japonesa, atrai um grande número de pessoas, tanto os próprios japoneses como turistas de todo o mundo.

Durante a floração, as árvores de galhos finos das cerejeiras de médio porte ficam cheias de pequenas flores brancas e, dependendo da espécie, podem ser rosadas. Quando a brisa passa por elas, uma chuva de pétalas encanta os visitantes e recobre o chão com um tapete precioso.

Em todo o país, os japoneses realizam uma verdadeira celebração, levando tapetes e esteiras para forrar no gramado dos parques, onde compartilham alimentos e bebidas como num piquenique sofisticado.

Foto: Mauricio Maranhão/APP-Alliance Photo Press
Stock Pictures Maranhão Images


Nenhum comentário: